32
comentários

Comente!


Segundo Consult, Wilma vence em todos os cenários

noticia_101424

Do Portal Nominuto.com

A ex-governadora Wilma de Faria (PSB) venceria as eleições em todos os cenários em que ela aparece na pesquisa Band Natal e Consult.

A pesquisa colocou quatro cenários diferentes para os entrevistados optarem e nos três cenários em que aparece, Wilma desponta com mais de 30% dos votos. Se fosse candidata e se as eleições fossem hoje com esses candidatos, Wilma venceria Carlos Eduardo (PDT), Robinson Faria (PSD) e Garibaldi Alves (PMDB).

No primeiro cenário para o Governo, Wilma de Faria (PSB) tem 30,41% dos votos, seguida de Carlos Eduardo (PDT) com 11,59%, Henrique Alves (PMDB) 9,41%, Robinson Faria (PSD) com 7,06%, Fernando Mineiro (PT) com 6,24% e Rosalba Ciarlini (DEM) com 5,06%.

Os números da pesquisa foram divulgados nesta sexta-feira (23) no programa RN Acontece com o jornalista Diógenes Dantas na Band Natal em parceria com o instituto de pesquisa Consult.

No cenário dos 1.700 entrevistados, 18,82% afirmaram que não votariam em nenhum dos candidatos e 14,41% ainda não decidiram o candidato para as eleições de 2014.

A pesquisa foi feita nos dias 14 à 18 de Agosto em todas as regiões do Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 2,3 pontos para mais ou para menos.



3
comentários

Comente!


Eduardo Campos é o mais popular

18jun2013---o-governador-de-pernambuco-eduardo-campos-concedem-entrevista-coletiva-para-anuncio-de-reducao-da-tarifa-do-transporte-publico-na-regiao-metropolitana-de-recife-nesta-terca-feira-18-na-1371574797575_300x20

Do Uol

O governo de Eduardo Campos (PSB), em Pernambuco, é avaliado como ótimo ou bom por 58% dos pernambucanos, segundo pesquisa da CNI (Confederação Nacional da Insdústria) em parceria com o instituto Ibope divulgada nesta quinta-feira (25).

A maneira de governar de Campos  é aprovada por 76% dos eleitores e 68% da população diz confiar no governador. A gestão dele é considerada ótima ou boa por 58% da população no Estado.

Entre os 11 Estados pesquisados, Campos é o governador mais popular. As melhores áreas de atuação da sua gestão são consideradas capacitação profissional, educação e geração de empregos.


5
comentários

Comente!


Ibope: Avaliação negativa de Dilma supera a positiva

Do Uol

  A aprovação pessoal da presidente Dilma Rousseff caiu 26 pontos percentuais, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (25) pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) em conjunto com o Ibope. Na última pesquisa, 71% aprovavam Dilma, contra 45% agora. A avaliação negativa superou a positiva pela primeira vez na série histórica da pesquisa e atingiu 49. De acordo com o instituto, 6% dos eleitores não sabem ou não responderam.

A aprovação do governo da petista caiu 24 pontos percentuais. Hoje, o governo Dilma é avaliado por ótimo ou bom por 31% dos entrevistados. Na avaliação anterior, divulgada em 19 de junho, a aprovação dos brasileiros ao governo de Dilma Rousseff era de 55%. O grupo de entrevistados que considera o governo Dilma regular subiu de 32% para 37% com relação à sondagem anterior. Já os que avaliam como ruim somam 13% ante 7% da pesquisa passada. Os entrevistados que não souberam ou não quiseram responder totalizaram 1%.

A pesquisa divulgada em junho, no entanto, foi a campo antes da onda de protestos que tomou conta do país.

No levantamento de junho, 32% dos entrevistados avaliaram o governo como regular; 13% consideraram como ruim ou péssimo e 1% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, e os pesquisadores foram a campo entre 9 e 12 de julho.

Está é a terceira pesquisa que mostra uma tendência forte de queda da avaliação do governo Dilma. O instituto Datafolha registrou queda de 27 pontos percentuais no último dia 29 de junho. O instituto MDA, em pesquisa encomendada pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes), também detectou queda de 22,9 pontos percentuais na avaliação positiva do governo petista em levantamento publicado no último dia 16.


1
comentário

Comente!


Sinduscon pesquisa

trabalhadores-da-construcao-civil-size-598

Arnaldo Gaspar Júnior apresenta quinta-feira  a pesquisa “Perfil do Trabalhador da Construção Civil”. É a primeira inciativa do tipo do RN e foi feita pela Consult, que entrevistou mil trabalhadores.

O Sinduscon aproveita o café da manhã para lançar o “Guia Orientativo para Atendimento à Norma ABNT – NBR 15575/2013″.


8
comentários

Comente!


Dilma bate novo recorde de popularidade

foto366-1

Por Josias de Souza

A pesquisa do Ibope que a CNI divulgou nesta terça-feira (19) evoca a analogia do barco. Num instante em que Aécio Neves e Eduardo Campos se esforçam para provar que existe o risco de a embarcação afundar, o eleitorado informa que não está propenso a mudar a tripulação no meio da viagem.

O transatlântico de Dilma Rousseff é aprovado por 63% dos brasileiros. A conduta da capitã é considerada ótima ou boa por 79% dos passageiros.

Título de eleitor é um pouco como apólice de seguro. O sujeito gosta de saber que ele está lá, vigente. Mas só abre a gaveta na data da renovação ou em caso de desastre. O calendário informa que a primeira hipótese só vai se materializar daqui a um ano e meio. A pesquisa indica que a segunda alternativa não é levada a sério.

Desde que Lula relançou Dilma, em fevereiro, o noticiário político tornou-se monotemático. Só se fala de 2014. Importunados no meio da rua pelos pesquisadores, os brasileiros mandam dizer que estão noutra sintonia.

Continuam fazendo suas refeições diárias, pagando suas prestações e torcendo para que a loirinha gostosa ou o bonitinho sarado leve o milhão e meio do BBB. Enquanto o pibinho não mastigar o emprego, Dilma não irá para o paredão. O governo dela não entra no roteiro senão como pano de fundo róseo.

Das duas possíveis conclusões a que podem chegar os que apalpam os dados da pesquisa, uma é improvável e outra é impensável. É improvável que o eleitor vire a cara para Dilma se não surgir no horizonte um iceberg. É impensável que, depois de reeleger FHC e Lula, o brasileiro vá entregar o leme a adversários que se vendem como alternativa sem levar à mesa meio quilo de sonhos.

 DO TL: Nos últimos três meses a região que a popularidade de Dilma mais cresceu foi o Nordeste. Em dezembro a aprovação era de 80%. Agora, alcançou os 85%…


17
comentários

Comente!


Ibope: CE 51% X HM 32%

Do G1-RN

O Ibope divulgou, neste sábado (27), a última pesquisa de intenção de voto sobre o segundo turno da disputa pela Prefeitura de Natal neste ano.

A pesquisa foi encomendada pela Inter TV Cabugi.

Segundo o Ibope, “Carlos Eduardo será eleito prefeito de Natal”.

 Veja os números do Ibope, considerando os votos válidos:

Carlos Eduardo (PDT) – 61%
Hermano Moraes (PMDB) – 39%

Em relação à pesquisa anterior, Carlos Eduardo foi de 58% para 61%, e Hermano, de 42% para 39%.

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi realizada nos dias 25 e 27 de outubro. Foram entrevistadas 805 pessoas na cidade de Natal. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), sob o número RN-00241/ 2012.

No primeiro turno, Carlos Eduardo teve 40,42% dos votos válidos, e Hermano Moraes, 23,01% (veja os números completos da apuração dos votos em Natal).

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada:

Carlos Eduardo (PDT) – 51% das intenções de voto
Hermano Moraes (PMDB) – 32%
Em branco/nulo – 13%
Não sabe – 4%

Pesquisa anterior

A primeira pesquisa do Ibope do segundo turno foi divulgada em 18 de outubro e registrou os seguintes resultados: Carlos Eduardo, 49%; Hermano Moraes, 35%; branco/nulo, 10%; e não sabe, 6%.



35
comentários

Comente!


Para Certus maioria de Carlos Eduardo é de 20%

De Anna Ruth para TN online

A pesquisa feita pela Certus e encomendada pela TRIBUNA DO NORTE mostrou que o ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) lidera a intenção de votos para o segundo turno na capital potiguar. Ele está com 51,06%. Hermano Morais (PMDB) aparece com 31,38%

A pesquisa está registrada com o número 239/2012. A entrevistas foram feitas nos dias 18 e 19 de outubro. Foram ouvidas 803 pessoas e a margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

 Veja os números completos

Carlos Eduardo: 51,06%

Hermano Morais: 31,38%

Nenhum: 10,83%

Não sabe: 5,85%

Não respondeu: 0,87%


1
comentário

Comente!


(In) segurança nas pesquisas

Institutos de pesquisa – criticados por erros do primeiro turno em todo Brasil –  encontraram uma razão para justificar os  pífios resultados: a insegurança que enfrenta o país.

Segundo interlocutores de graúdas empresas do ramo, antes as pesquisas eram feitas nas casas, olho no olho e daí a verdade era mais fácil de ser obtida. Números fidedignos como consequência.

Agora, as pesssoas evitam abrir suas portas para estranhos. Aboradados nas ruas, optam por dizer que votarão nulo ou branco. É a resposta mais simples e rápida.


Página 1 de 1912345...10...Última »